Sobre o Mau-Humor e suas Consequências

Sentir-se mau-humorada acaba por se tornar um hábito, como qualquer outro…

Uma forma muito eficaz de alcançar resultados futuros e criar novos hábitos é colocar no papel seus objetivos. Escrever é uma forma de interagir, de tornar real algo que ainda não existe, é uma forma de contar para você mesmo o que deseja que aconteça. Colocar no papel é como dar vida a uma ideia, é como dar o primeiro passo para uma jornada, não tem como dizer que algo não teve inicio, porque teve e você fez isso, é como contar um segredo para alguém, não há mais como desdizer, o outro já ouviu e agora ele sabe o seu segredo.

O papel é esse confidente que ouve o seu segredo e quanto mais detalhes você colocar no papel, mais chances você terá de alcançar o objetivo, e quando começar a colocar em prática, mais chance terá de se tornar um hábito. Se por exemplo você é uma pessoa mal-humorada e deseja mudar isso, você pode escrever como quer se sentir em cada situação, como quer acordar pela manhã, como deseja reagir com seu parceiro afetivo, como deseja reagir no trânsito, em um congestionamento, uma fechada no trânsito.

Como quer lidar com diferentes situações no ambiente de trabalho, com seus colegas. Enfim, você pode criar inúmeros cenários do seu cotidiano e descrever as reações de bom-humor que você terá em cada uma delas, e como você irá se divertir nas diferentes situações. Tal exercício se torna um ensaio para a sua apresentação no palco da vida, muito mais bem-humorado e feliz.

Veja o Vídeo: Concepções sobre a Autoagressão...

Agende sua Consulta com o Dr. Odair Comin

Faça o teste para saber se você tem Mau-Humor.

Teste Mau-Humor

Teste Mau-Humor

Outros Textos

8 dicas para acabar com o mau-humor

Agende sua Consulta com o Dr. Odair Comin