PNL: Mente Programada para Aprender

Aplicadas em conjunto, a hipnose e a PNL podem ser importantes aliadas no processo de aprendizagem. A seguir, conheça histórias de quem optou pela união de técnicas e conheça os benefícios dessa escolha.

“Decidi procurar um especialista de PNL e hipnose porque tenho catarata congênita e queria tirar habilitação de moto. Nas sessões, a terapeuta descobriu, por meio da hipnose, o motivo de meu desempenho não ser bom: meu pensamento durante as aulas era não errar, ou seja, meu foco era negativo, por isso me distraia e ficava tenso ao ponto de cometer diversos erros. A partir disso, traçamos estratégias da PNL para mudar minha postura. Passei uma semana imaginando como faria o percurso de moto. No dia do exame, quando subi na moto e dei a partida, todo aquele ensaio mental se confirmou. Dirigi tão bem que parecia que a moto andava sobre trilhos e fazia o trajeto sozinha.

Veja Também: A Hipnoterapia te ajuda a superar a Insônia e ter um sono tranquilo e reparador…

O meu quadro clínico continuou o mesmo, o que mudou foi minha atitude frente à dificuldade. A partir dessa transformação passei a encarar outros aspectos da minha vida de maneira diferente, também. A PNL e a hipnose me ajudaram a buscar motivação na faculdade numa época que estava desinteressado e com medo de repetir uma disciplina”. A história de João Carlos Vieira, 21 anos, pode parecer específica, mas não é. Muitas pessoas recorrem à hipnose e à PNL para melhorar o processo de aprendizado.

Veja também: Como a Hipnoterapia agrega valor para a cura

 

Basicamente há dois grupos que procuram ajuda dessas ferramentas aplicadas à educação. O primeiro é formado por pessoas que apresentam algum tipo de limitação, como dificuldades de concentração, problemas de memória, desinteresse em aprender, bloqueio com determinado idioma ou disciplina; já o segundo, é composto por aqueles que querem otimizar seus estudos. Geralmente, é o caso de pessoas que vão prestar vestibulares e concursos públicos e, por isso, precisam de um melhor aproveitamento do conteúdo.

Uma das explicações para o sucesso das técnicas é a motivação. Elas atuam como estimulantes, ou seja, fazem com que as pessoas encarem o estudo com prazer. “Trabalhei uma crença de que sou dedicado e que as atividades da faculdade são divertidas”, exemplifica João Carlos.

Entenda como funciona

O tratamento parte do principio de que cada pessoa possui uma forma de acessar e apreender informações e dados. Por isso, antes de tudo, o terapeuta faz um mapeamento e tenta identificar na trajetória pessoal do cliente suas habilidades, dificuldades e preferências. “A partir das informações colhidas no mapeamento, é possível criar um estado apropriado para que ele possa aprender de maneira efetiva e agradável”, diz Odair José Comin, psicólogo e hipnoterapeuta.

Fonte: Revista PNL Aplicada.

Agende sua Consulta com o Dr. Odair Comin

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.