Diminua o Desgaste Emocional

As emoções nos salvam, nos matam, nos aprisionam e nos libertam…

Diferentes emoções transitam dentro deste ambiente e é preciso estar preparado para lidar com estes sentimentos que se cruzam, se chocam e querem sobressair, caso contrário pode resultar em quadros de transtornos psicológicos e emocionais.

De acordo com o Ministério da Previdência Social, no Brasil, nos últimos dez anos, a concessão de auxílio-doença devido a transtornos psicológicos e emocionais aumentou quase 20 vezes. Atualmente é a segunda maior causa de afastamento do trabalho.

O relaxamento, meditação ou hipnoterapia com conteúdo terapêutico apresentam-se como ferramentas efetivas no desenvolvimento das capacidades mentais dos indivíduos, para que possam desempenhar o papel de profissional com maior maturidade psicológica e, por fim, blindá-lo de transtornos psicológicos advindos do trabalho.

Veja 6 práticas que diminuem efetivamente o desgaste emocional dentro do ambiente profissional: 

1) Autocontrole emocional: trabalhar o autodomínio é essencial, pois estar no controle das emoções e no centro de equilíbrio é um passo importante para evitar quadros de transtornos emocionais e psicológicos. Você pode ter mais controle do que imagina. Sempre terão pessoas que esperarão que você tenha um deslize. E manter-se concentrado e conectado consigo mesmo, assim como permanecer flexível é sempre um desafio. Manter-se no seu centro não significa ficar parado, você pode se deslocar naturalmente. Manter-se no seu centro te dá poder e assim a decisão fica em suas mãos. O comando está em você, cada vez mais consciente dos próprios atos e pensamentos. Uma vez no comando, é você quem canaliza as emoções e decide o que te afetará ou não.

2) Blinde-se de ofensas: é preciso fortalecer o sistema imunológico mental. Sentir-se ofendido é uma escolha que se faz a todo instante. E aceitar o lixo e o veneno do outro é dar poder a quem não tem, o outro não tem poder sobre você. Mude você mesmo e fique indiferente a isso, descarregue o sentimento das palavras, pois um novo jeito de pensar e sentir te coloca no comando das emoções. Com este exercício você perceberá que o seu olhar diante de quem te ofende será diferente e independente do quanto for ofendido as palavras que este indivíduo profere não terão valor. Quanto mais o outro se altera, mais no próprio centro você permanece.

Veja Também: Angústia do Viver

3) Habilidades para desempenhar papéis: desde muito cedo aprendemos a desempenhar múltiplos papéis. Há papéis que desempenhamos com mais envolvimento e outros que não fazemos muita questão. Tem aqueles que gostamos e outros que nos fazem mal. Alguns papéis pedem mais emoção e outros pedem razão. No trabalho é o papel do profissional que entra em jogo, portanto, você só precisa fazer um bom trabalho e desempenhar bem a função. Nada do que acontecer será pessoal. Nenhuma das demandas externas será pessoal, quem está lá não é um indivíduo e sim o profissional. Nada pode te atingir ou impactar.

4) Neutralize pessoas tóxicas: não se envolver com pessoas tóxicas é um ato de amor com você mesmo. Não negue que o outro te faz mal e não se culpe, pois não é você que fez algo errado. As pessoas tóxicas são inteligentes, egocêntricas e quando percebem o ponto fraco do outro invadem e tentam destruí-lo emocionalmente. Escolha sentir o que deseja sentir e ver o que deseja ver. Os mecanismos de defesa são construídos com seus sentimentos e pensamentos. Independentemente do que ouvir, siga seus sonhos. PERMITA-SE uma limpeza profunda. Quando se vive com pessoas tóxicas pode ser contagiado de alguma forma. Quando acontecer, procure algo que te faz bem. Esteja em ambientes revigorantes e com pessoas que te fazem bem. Busque forças, atividades que te dão prazer. Lugares especiais e você pode fazer isso mentalmente. Recarregue suas energias.

Veja Também: Falam de Mim logo Existo

5) Aprenda a trabalhar em equipe: vivemos em sociedade, portanto trabalhar em equipe deveria ser natural. Precisamos uns dos outros, dependemos uns dos outros, mesmo que você não perceba. Em níveis mais profundos, a equipe transforma o indivíduo mais forte e torna possível algo que para uma pessoa sozinha seria impossível. Faça seu melhor independente do outro. Uma equipe é heterogênea, diferentes pensamentos, entregas, formas de trabalho e o desafio é transitar de um jeito leve entre tantas diferenças. Em que momento emperra, em que momento tudo acontece. Aprenda, se desenvolva, se integre, faça sua parte com dedicação e excelência, seu papel se manterá importante e fará a diferença. Seus movimentos serão valorizados e se fortalecerão. Faça seu melhor.

6) Desenvolvendo a empatia: colocar-se no lugar do outro é um exercício que deve ser colocado em prática, uma prática diária e frequente. Na medida em que nos relacionamos e convivemos com o outro, colocar-se no lugar dele possibilita um autoconhecimento maior. Por vezes começamos a ver o que antes não víamos em nós mesmos. Colocar-se no lugar do outro pode gerar diferentes estratégias. Uma postura empática potencializa sua inteligência emocional, uma consciência profunda de si mesmo. Mantendo-se no comando de si. Colocar-se no lugar do outro possibilita uma compreensão profunda do outro.

As emoções nos salvam, nos matam, nos aprisionam e nos libertam. Uma inteligência emocional requer domínio, equilíbrio e reto direcionamento para as emoções. É preciso assumir o comando das próprias emoções.

Veja o Vídeo: Microterapia: Considerações sobre a Ansiedade...

Agende sua Consulta com o Dr. Odair Comin

Faça o teste para saber se você tem Perfeccionismo.

Teste Perfeccionismo

Teste Perfeccionismo

Outros Textos

Potencialização da Memória com Hipnose Clínica

Agende sua Consulta com o Dr. Odair Comin